28 de mar de 2012

Letra e Música | Karmin

Nesse segundo Letra e Música resolvi apresentar pra vocês uma dupla que me encantou já tem algum tempo e que agora trilha o sucesso a cada dia. Estou falando de Karmin, um grupo musical composto pela talentosa Amy Heidemann e o genial Nick Noonam. Os dois começaram como muitos artistas da nossa geração: divulgando seu trabalho através do YouTube fazendo covers de hits de sucesso como Price Tag, da Jessie J (escute) e Set Fire To The Rain, da Adele (escute). Porém, seu cover mais famoso é a da música Look At Me Now, do Chris Brown (escute), por ser uma música de rap acelerado e de difícil execução. Bombou, ficaram conhecidos e assinaram com uma gravadora.
Seu primeiro single original foi Crash Your Party, lançado em outubro de 2011 e com direito a videoclipe divertidíssimo (assista). Com o sucesso de downloads e nas rádios acabaram divulgando sua segunda música de trabalho, Brokenhearted, no começo de 2012. Amy e Nick são noivos e parece que a parceria tem dado muito certo. Ganharam um American Music Award por Best New Media, se apresentaram no Saturday Night Live e prometem álbum novo para ainda esse ano. Com músicas divertidas, dançantes e diferentes do pop maçante, Karmin me conquistou por ser inovadora e ousada - sem deixar de lado o sucesso. Veja o mais recente clipe: 

26 de mar de 2012

Booktrailer de Oksa Pollock e o Mundo Invisível

A editora Suma de Letras divulgou recentemente o booktrailer de seu grande lançamento para abril, Oksa Pollock e o Mundo InvisívelPosso garantir pra vocês que ficou lindão e me fez ficar mais curioso e com mais vontade de ler. Fique por dentro do lançamento aqui no blog, quem sabe uma resenha do livro (ou até um sorteio) não aparece de repente! Vejam o vídeo!

Resenha | Jogos Vorazes

Fenômenos literários não são raros. Sim, é o que eu acho. Você deve se lembrar, naturalmente, da história do bruxo que derrotou o lorde das trevas ou até mesmo, do Romeu e Julieta vampiresco; mas claro, ambos são os mais recentes. São considerados fenômenos visto que conseguiram fazer milhões de fãs, tornaram-se best-sellers internacionais e sucessos de bilheteria em suas adaptações para o cinema. Porém há um fator diferencial em obras como essas: poucas deixam um legado. Sim, nem todo fenômeno consegue se eternizar na história um na literatura, deixando de ser apenas uma febre momentânea e nos fazendo pensar por bastante tempo sobre sua mensagem. Ao ler Jogos Vorazes senti que finalmente temos um fenômeno inteligente e capaz de deixar questionamentos, causar debates e ser, quem sabe, eterno.

O livro de Suzanne Collins já vem causando burburinho desde 2008, seu ano de lançamento. Quem acompanha blogs literários nacionais e internacionais já ouviu falar do livro, não há dúvida. Por ser uma obra moderna, atual e original, mesmo com inspirações em outros livros com temas semelhantes, o livro chamou a atenção e logo tornou-se um best-seller. O mundo parou para ler a história de Katniss e seu drama para sobreviver e cuidar de sua mãe e irmã num país distópico e ditatorial. Com tantos elementos no livro de fácil identificação (o show de horrores que são os jogos, o tema da fome a luta pela sobrevivência, a corrupção da mídia, a luta pelos direitos humanos, entre outros) ficou fácil para Jogos Vorazes ser tão aclamado, como um novo fôlego de mudança e esperança para os dias de hoje.

É difícil escrever sobre um livro que você gostou tanto. Não tenho palavras para descrever o prazer que foi ler Jogos Vorazes. Todo o mundo criado pela autora é de fácil identificação e até imaginamos que tais coisas podem mesmo acontecer nos nossos dias. As críticas impostas no livro vem em boa hora, já que vivemos um tempo onde sorrimos vendo a desgraça alheia e nos atamos a futilidades e ao consumo impensado. Creio que o tema dá um bom tempo de debate, e isso que é o bacana dos livros: o modo como eles interferem na vida real. Mas peraí, eles são reais. 

Falando de forma, a escrita de Suzanne é direta e, de certo modo, simples, porém entendo seus motivos. Ela tem a ousadia de querer chocar, de modo que encaremos os acontecimentos na história como um susto e ao mesmo tempo envolvente. Suas pitadas de romance são bem vindas, aliviando a leitura em certos pontos, o que achei muito bacana. A história e seus valores contidos mexeram muito com os meus sentimentos, antes adormecidos; há muito tempo não me apaixonava tanto por um livro, por uma história, por uma personagem. Conheci Katniss e esse encontro foi intenso e inesquecível. Convoco à todos que leiam esse livro e que olhem para a história e captem toda a crítica, toda a mensagem implícita e explícita. 

P.S.: Estou mais do que ansioso para ler Em Chamas. não consigo pensar em outra coisa!

20 de mar de 2012

Divulgação | Lançamentos março/abril da Novo Conceito

Hello, readers! O post de hoje é especialmente para divulgar para vocês os lançamentos da Editora Novo Conceito, que vem investindo muito em novos autores ainda desconhecidos para o público brasileiro, mas que fazem o maior barulho mundo afora. Vamos conhecer?
1. Cruzando o Caminho do Sol, de Corban Addison. O livro conta dias histórias paralelas: das adolescentes Sita e Ahalya, que perdem os pais em um tsunami na Índia e Thomas Clarke, um advogado em crise pessoal que decide trabalhar numa ONG que denuncia o tráfico de pessoas. Em dado momento, suas histórias vão se cruzar. 29 de março.

2. Estilhaça-me, de Tahereh Mafi. Grande aposta da editora na linha sobrenatural, o livro conta a história de Juliette, uma garota com o estranho poder de ferir e até matar a quem ela toca. Presa a uma cela, conhece Adam e estranhamente é libertada, com a possibilidade de retomar a sua vida, com algumas surpresas no caminho. 29 de março.

3. O Mensageiro Milionário, de Brendon Burchard. Nesse livro, motivação é o que não falta. Todos nós somos bons em alguma coisa, seja ler, cozinhar, cantar, fazer contas. E é com essa dádiva que podemos impressionar e impactar outras pessoas. O autor refletiu e relatou sua mudança de vida com sucesso a partir desses novos princípios. 29 de março.

4. O Sonho de Eva, de Chico Anes. Dra Eva Abelar, autoridade mundial em sonhos lúcidos, é informada de que seu filho autista, Joachin, desaparece na mesma noite em que sua irmã, Anna, pula do 20° andar de um edifício em São Paulo. Em busca de respostas, Eva descobre que a sociedade está vulnerável à tecnologia e ao estímulos subliminares. Abril de 2012.
5. A Arte da Imperfeição, de Brené Brown. Em “A Arte da Imperfeição”, Brené Brown, uma especialista em vergonha, autenticidade e pertencimento, divulga dez orientadores sobre o poder de se viver com todo o coração: uma forma de abordar o mundo com uma postura de valor pessoal. Abril de 2012.

6. O Clã dos Magos, de Trudi Canavan. Todos os anos, os magos de Imardin reúnem-se para purificar as ruas da cidade. Mestres da magia, sabem que ninguém pode opor-se a eles. No entanto, seu escudo protetor não é tão impenetrável quanto acreditam. Uma jovem garota de rua, furiosa com o tratamento dispensado pelas autoridades, atira uma pedra ao escudo protetor e para o espanto de todos, a pedra atravessa sem dificuldades. O maior medo do Clã de repente se concretiza: uma maga não treinada está à solta pelas ruas. Ela deve ser encontrada, e rápido, antes que seus poderes fiquem fora de controle. Abril de 2012.

7. Viva para Contar, de Lisa Gardner. A história de três mulheres se desdobra e se conecta de maneiras inesperadas. Pecados do passado são revelados e segredos assustadores mostram a força que os laços de família podem ter. Às vezes, os crimes mais devastadores são aqueles que acontecem mais perto de nós. Abril de 2012.

8. A Casa das Orquídeas, de Lucinda Riley. O livro, sucesso na Alemanha, fala sobre uma história de amor em meio a Segunda Guerra Mundial (1939) e que acabará impactando a futura geração de duas famílias futuramente. O livro se passa na Tailândia e no Reino Unido. Abril de 2012.

Para saber de mais detalhes de todos esses lançamentos, acesse o blog da editora, clicando aqui.

9 de mar de 2012

Popcorn! | Jovens Adultos (2011)

Sempre quis saber de onde vem a inspiração de alguns autores. Experiências? Imaginação? Casos na família? Vaira muito. E aqui estou eu, diante de um filme com essa temática (ou pelo menos toca bem no assunto). Estou falando de Jovens Adultos (Young Adult) e sim, se você acha que o título tem a ver com o gênero que nós adoramos ler: você está certo! No filme conhecemos Mavis Gary (Charlize Theron), uma escritora de livros young-adult (ou simplesmente YA: livros voltados para adolescentes) que está passando por uma séria crise pessoal. Divórcio, falta de criatividade para dar um fim digno a sua série de livros, pressão da editora, baixa auto-estima são só alguns de seus problemas. Na tentativa de reverter seu quadro deplorável, Mavis volta a sua cidade natal na tentativa de reconquistar seu ex-namorado de adolescência, Buddy (Patrick Wilson) e ao mesmo tempo terminar seu livro. O problema é que Buddy está com uma família formada. Eu disse "problema"? Isso não é problema para Mavis. Ela está disposta a destruir tudo e todos na busca da sua felicidade.

Ao perceber que pode não conseguir o que quer, tenta virar o jogo com novas atitudes ousadas sem ligar para as consequências. Na medida em quem Mavis volta à cidade e seus antigos "colegas de escola" a reconhecem, soltam frases como: "O que essa vadia está fazendo aqui?". É, vamos descobrindo o passado queen bitch da protagonista (mesmo que rasamente) e vendo seus motivos para estar assim, nesse estado. Imagine rever todos os seus colegas de colégio 17 anos depois: cada um com suas vidas simples, suas famílias. E você mesmo atingindo tudo o que almejou na adolescência, parece infeliz tamanha é a simples felicidade dos outros. Muita coisa pode mudar; e é isso que o filme que passar: o mundo dá voltas e você sempre acaba se surpreendendo e se conhecendo. 

Apesar de ser vendido como um filme de comédia, Jovens Adultos tende muito mais ao drama. Mavis é uma personagem frágil e mostra essa fragilidade ao longo de sua jornada de conquista (Charlize está impecável no papel, um de seus melhores trabalhos). É bacana de ver que o que a autora está vivendo acaba interferindo em sua obra, como um escape emocional projetado no papel.  A princípio pode parecer um filme bobo ou parado, mas ele muda de tom e cresce de um modo a nos fazer refletir sobre o que queremos no futuro e se nossas realizações valem mesmo a pena; se nos trazem (ou vão trazer) mesmo a felicidade que tanto buscamos.

Jovens Adultos estreia dia 6 de abril nos cinemas brasileiros. Veja o trailer:

5 de mar de 2012

Divulgação | Oksa Pollock e o Mundo Invisível

A editora Suma de Letras divulgou tem um tempinho a capa do livro Oksa Pollock e o Mundo Invisível, nome que nós leitores pudemos votar e escolher. O livro escrito pelas francesas Anne Plichota e Gendrine Wolf é o primeiro de um série (até o momento com 3 livros publicados na França - o quarto será lançado dia 15 de março).

O livro tem previsão de lançamento para Abril. Veja a (linda) capa abaixo e leia o primeiro capítulo.


O livro contra a história de Oksa Pollock, uma jovem de 13 anos que sempre sonhou em ser ninja e que de repente em uma noite acorda com uma marca estranha no próprio estômago e com poderes sobrenaturais. Por fim Oksa Pollock descobre ser а Inesperada, a única esperança dos exilados de Edefia de voltarem à terra de origem.

3 de mar de 2012

Lançamento | O Melhor de Mim, de Nicholas Sparks

Em aproximadamente outubro/novembro do ano passado, foi anunciado que os próximos livros de Nicholas Sparks seriam publicados no Brasil, agora, pela Editora Arqueiro (a detentora dos direitos do autor era a editora Novo Conceito). Agora é chegado o lançamento do primeiro título pela editora e o escolhido foi O Melhor de Mim (The Best of Me), o mais recente livro do autor a ser publicado nos EUA.
No livro O Melhor de Mim, Nicholas conta a história de Amanda e Dawson; um casal apaixonado que a realidade os separa de maneira cruel e implacável. Em mundos diferentes, os dois se encontram décadas depois no velório de um grande amigo que apoiava o casal e percebem que ambos não estava vivendo a vida que sonhavam, passando a redescobrir o  primeiro amor. Um único fim de semana pode mudar o destino dos dois para sempre.

Os direitos do livro para a realização de um filme, como de costume se tratando de obras do autor, já foram comprados pela Warner. O livro tem previsão de lançamento para esse mês aqui no Brasil e já se encontra em pré-venda em algumas livrarias. Leia o primeiro capítulo aqui.