3 de ago de 2011

Leitura vs Tempo


E mais uma vez a rotina toma conta da vida de muitos. Escola, universidade, trabalho são temas abrangentes de mais um semestre. Vida corrida a mil por hora, resolvendo problemas, estudando, fazendo trabalhos... e os livros, nossos mundinhos de escape, ficam meio que deixados de lado. A leitura diminuindo, o número de páginas por dia também (não é, Skoob?), o pique caindo; tudo leva ao abandono. Eu já passei por isso. Você pode estar passando por isso com o fim das férias. Mas, tem solução?

Uma das coisas que eu queria compartilhar com vocês, e creio que muitos podem se identificar, é o problema leitura versus tempo. Estamos acostumados com o imediato, desde ao fast-food até o uso da internet, e isso vem gerando ansiedade em vários aspectos da vida moderna. Essa ansiedade também atinge a leitura. A cada dia muitos estão desanimando com os livros devido ao seu longo tempo de dedicação. O hábito de ler não é como ver um filme de duas horas e se satisfazer com a história. É ler cada palavra, analisar, tirar suas conclusões, detectar características, qualidades ou defeitos, em determinado autor, e tudo isso leva tempo; tempo esse cada vez mais precioso nos nossos dias e que muitos, principalmente nós jovens, não estão dispostos a utilizar para a leitura no geral.


Assim como muitos que leem o blog, também sou universitário e tenho muita, mas muita coisa para estudar e principalmente ler, já que no meu caso sou aluno de Letras. É difícil conciliar ambas as coisas (o estudo e a leitura pessoal), confesso. Mas não é impossível. Uma das dicas que eu dou é até a mais clichê e antiga de todas: tenha uma agenda organizada. Veja seus horários, analise como você utiliza o seu tempo e retire da rotina aquilo que te ocupa mas não te acrescenta. Outra coisa que serve para muitos, mas no meu caso eu não consigo é levar o livro consigo para onde você for. Perdemos muito tempo nos deslocando de um compromisso a outro, chegando a horas de você sentando em um banco de carro, ônibus, metrô sem fazer absolutamente nada. Use desses momentos para ler algumas páginas, mesmo que poucas, mas que no geral ajudam muito na velocidade e desempenho da leitura. Eu particularmente não consigo ler nesses locais; pra mim tem que ser sentado/deitado eu um local bem tranquilo. Se você também é como eu e não curte leituras durante percursos, outra dica é aproveitar o momento da leitura e concentrar-se o máximo possível na história, evitando assim que você esqueça algum acontecimento e tenha que reler várias páginas de antes que você parou. Recomendo também o Skoob, um site que nos ajuda no desempenho da leitura, nos dando nossa velocidade, porcentagem da quantidade de livro lido e contruindo metas de leitura.

O dia só tem 24 horas, aceite isso. Não venha com a história de que queria que o dia tivesse 48 horas por que não vai rolar. O importante é dedicação, organização e claro muito amor aos livros. Você só tem a ganhar com isso.

5 comentários:

  1. Israel, o tempo realmente não nos espera... Quando ele corre, não há quem o segure!
    Mas, o importante é saber organizar a nossa vida, ter uma agenda, um tempo exclusivo para a leitura pessoal, ainda que isso seja quase impossível.
    Pra tudo dá-se um jeito! Ótimo texto, Israel!

    Um abraço.
    @Jonathan_HGF

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Esses seus posts "não resenhas" são os que eu mais gosto por aqui.
    Entrando no tema, eu não tenho esse problema. Sim, faço faculdade, trabalho mas sempre leio na condução. São 4 horas por dia dentro de Ônibus/trem/metrô! Leio a beça nesse tempo, adoro fazer isso. Leio tanto na condução que em casa mesmo eu não consigo ler muito :S
    As vezes eu fico esperando o dia pra pegar um ônibus só para poder ler :S
    Fico até com pena do povo que diz que não tem tempo, não sei o que eu faria sem esse meu "cantinho de leitura" sobre 4 rodas.

    ResponderExcluir
  3. Realmente ótimo post! O meu maior problema com a leitura nem chega a ser a falta de tempo, mas sim a preguiça! MAs eu AMO ler, muito mesmo, mas sou preguiçoso em tudo que faço.

    Também não gosto de ler em transportes, mas para não ficar entediado acabo fazendo e é uma boa maneira de passar o tempo também.

    Quero parabenizar pelo blog, porque realmente são poucos blogueiros-literários homens na blogosfera... até cheguei a pensar que eu era o único; sem contar que seus textos são de extrema qualidade.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Realmente Israel, tempo é um termo meio sem definição se pararmos pra pensar nele sem a determinaçao de 24 horas, 60 minutos, etc...
    Mas sabe, mesmo com todo o trabalho, faculdade e tal, acho (desculpe se você se ofender) que é uma questão de organização desse tempo. Já que você não consegue aproveitar essas fendas durante seu dia (no ônibus, na fila, no consultório, etc), tente fazer uma planilha pra você seguir e colocar a leitura nela! Mas não se sinta pressionado pra fazer isso porque a leitura é boa quando é um lazer e não obrigação né?
    Eu não tenho planilha mas gosto de ler à noite, antes de dormir... me sinto mais confortável. Mas se eu tiver que viajar, ir ao consultório, esperar a aula começar, levo o livro junto, o que facilita pra avançar na leitura... ;)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Não é que eu tava falando disso ontem com uma amiga? a falta de tempo nos faz desejar que o dia tenha pelo menos umas duas horinhas a mais.Eu quero ler(livros não didáticos) e não acho tempo,horrível,mas fazer o que.

    ResponderExcluir