17 de jan de 2012

Resenha | Confissões de um turista profissional

Quando o assunto é viajar, eu até que manjo bem da conversa. Não por quantidade de destinos ou milhas rodadas, mas sim a prática, as dicas básicas e detalhes que acompanham todo e qualquer pacote de viagem. Como já viajei bastante, me identifiquei com várias das crônicas (não todas, claro - principalmente se tratando das viagens internacionais) que encontrei no livro. E até que foi divertido. Em Confissões de um turista profissional, o jornalista Kiko Nogueira nos apresenta a Jota Pinto Fernandes, seu alter ego chato, porém sincero; nos mostrando que nem toda viagem é aquilo tudo que aparenta ser.

O livro curtinho de 96 páginas vem recheado de textos (ao todo, 37) antes publicados na coluna O Turista Razoável, da revista Viagem e Turismo, todos assinados por Jota Pinto Fernandes. O autor relata em curtos, porém diretos, parágrafos curiosidades, reflexões e boas histórias de suas viagens, nos fazendo perceber que nem tudo são flores em uma "volta ao mundo por 1 ano" ou um "mochilão na Europa"; porém confirma que toda viagem pode ser sim divertida, intensa e inesquecível.

Jota Pinto tem uma particularidade que às vezes funciona e às vezes não nos seus textos: a irrêverência. Há textos divertidos e bem engraçados como "Ráu Mãtch?", "Made In Brazil", "Viajantes contra Turistas", entre outros, que ao tempo em que nos apresentam fatos e curiosidades cômicas, também criticam  e alfinetam o governo, o sistema de turismo, o serviço prestado... tudo na base do falso elogio, bem inteligente. Mas outros textos nos mostram ser limitados a sua falta de graça e o excesso de sarcasmo - como em "Baixo custo e baixo nível" - ou devido à data de publicação, por serem específicos demais em  acontecimentos recentes, na época - temos "Selva de Pedra". como exemplo. A falta de noção ou os excessos do alter ego tornam certos textos desnecessários e irritantes, mas nada que não possa ser compensado com outras boas doses de humor nas seguintes.


Queria também destacar o cuidado da diagramação e finalização do livro - ambos impecáveis.  A cada novo texto, acima do título vem uma ilustração simples, porém inteligente e criativa; um dos detalhes que fazem toda a diferença na publicação. Sempre ao final de cada leitura, voltava a folha, via a figura e dava um sorriso de tão interessante que era. No mais, Kiko Nogueira é experiente, tem bases sólidas no que fala, critica e elogia. Recomendo a todos que amam viajar e sabem dos "perrengues" que nós, turistas ou viajantes, passamos quando "aquele hotel em Gramado não era lá essas coisas" ou quando "Porto de Galinhas é um farofal  interminável" e também aos que vão viajar (ou pretendem!) e ficar a par de detalhes como passeios em Paris, ilusões em Orlando, curiosidades de Cuba... e até os lanches do avião (quando tem, claro)!

9 comentários:

  1. Gostei de sua resenha, é a primeira vez que visito o seu blog, achei ele bem legal. Quanto ao livro, eu gostei, mas esperava mais, acho que o autor exagera muito e fala e critica o que as vezes é desnecessário o que torna o livro chato em algumas crônicas. Mas esse é um livro de altos e baixos pra mim, pois tem momentos bem divertidos e que o autor me fez até rir um pouco. Enfim, um livro bom de leitura rápida, mas que poderia ser melhor.

    Abraços
    http://entrepaginasdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser bem legal! espero ler ainda esse ano...rsrs

    ResponderExcluir
  3. Nossa, só vejo gente falando bme desse livro, tenho que ler.

    ResponderExcluir
  4. Parece ser um livro bem divertido, quero ler!

    ResponderExcluir
  5. Gostei da tematica do livro, fazer turismo é bom, mas também tem seus pontos "fracos". O livro parece ser daqueles que você pega para ler e quando vê ele jpa terminou, é bem curtinho. uero ter a oportunidade de ler.

    ResponderExcluir
  6. Que interessante!Não sabia que Jota Pinto Fernandes havia publicado as crônicas na Coluna O Turista Profissional.Bom saber que o livro é divertido,assim tenho mais ânimo para lê-lo!
    Gostei da resenha!

    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Diene Barros (seguidora)23 de janeiro de 2012 21:49

    Como Bacharel em Turismo isso é quase leitura obrigatória!!! Quero muito... Amo tudo relacionado a este mundo :)

    ResponderExcluir
  8. Deve ser uma leitura bem divertida! Fiquei curiosa.

    ResponderExcluir